(11) 2122-2487 |  [email protected]

Como abrir um CNPJ de forma rápida?

Muitas pessoas que estão no processo de abrir uma empresa encontram dificuldade no momento de abrir um CNPJ, muitas vezes pelo excesso de burocracia que o processo exige, entretanto, há formas de acelerar o processo.

Para quem não sabe, o CNPJ de uma empresa é equivalente ao CPF de uma pessoa física, ou seja, é a forma que uma companhia tem de formalizar suas atividades diante do governo local. 

Vejamos a seguir quais as maneiras de abrir de forma rápida um CNPJ.

O que é o CNPJ?

Antes de explicarmos o processo de abertura do cnpj, veremos um pouco mais sobre o que é esse documento e porquê ele é tão importante na vida de uma empresa.

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica é um documento que permite que a Receita Federal identifique as empresas que fizeram o cadastro, garantindo assim os direitos fiscais e jurídicos da organização.

A importância deste documento para uma companhia se dá no momento em que ela poderá emitir notas fiscais, conseguir crédito bancário com mais facilidade e até contribuição automática com a previdência social. 

Vale lembrar que o documento não é importante apenas para quem possui uma empresa de fato, mas também para quem atua no mercado como um prestador de serviços, ao trabalhar como autônomo, é necessário emitir notas fiscais ao prestar serviços para determinada empresa.

Agora que você viu as vantagens que este cadastro proporciona para a empresa e conheceu a sua importância, vamos ver como abrir um CNPJ de forma mais simples. 

Como é o processo de abertura de um CNPJ?

Bom, embora seja um processo essencialmente burocrático, não é necessariamente demorado e pode ser rápido de resolver, o cadastro é feito pela Receita Federal, que irá emitir seu número de cadastro de pessoa jurídica.

Entretanto, há uma série de etapas que você deve passar antes de obter esse número, vejamos a seguir alguns passos.

VEJA OUTROS ARTIGOS:

Contrate um contador

A abertura de uma empresa é uma decisão grande, que envolve etapas que você não irá conseguir superar sozinho, o primeiro passo é a contratação de um profissional de contabilidade para lhe orientar no processo de abertura da organização.

O contador será responsável por todos os dados financeiros e tributários, incluindo a escolha do melhor modelo de tributação para a sua empresa (Simples Nacional, Lucro real, Lucro presumido).

Além disso, uma organização onde a gestão não possui o auxílio de um profissional na área de contabilidade, corre perigo real de acabar declarando falência, pela falta de conhecimento da saúde financeira da empresa.

Defina o tipo de empresa

Ninguém abre uma companhia sem antes pensar no tipo de atividade que ela irá se enquadrar, quem faz isso está destinado ao inexorável processo de falência.

É comum que ao decidir abrir uma empresa, você opte por começar como Microempreendedor individual, pois esse modelo não irá exigir muita complexidade no processo de obtenção do CNPJ.

Entretanto, se você possui um certo capital que seja grande o suficiente para começar com uma pequena empresa, há dois bons tipos de companhia, que são elas: Empresa de pequeno porte e Microempresa. 

Defina a natureza jurídica da empresa

A certas coisas a se definir antes da abertura de uma empresa e da obtenção do cadastro como pessoa jurídica, entre elas estão etapas como o valor necessário de capital para abertura, número de sócios e quais as leis aplicáveis para o funcionamento da organização.

Todas essas decisões se enquadram dentro da definição da natureza jurídica, ou seja, o tratamento legal, veja a seguir algumas opções.

Se deseja um registro como CNPJ sem que exista um patrimônio separado da empresa, opte pelo modelo Empresário Individual, como o nome já diz, você estará sozinho, sem sócios e com capital social mínimo de R$1.000,00. Está é uma opção bastante popular entre prestadores de serviços.

Há outra que é mais adequadas para quem deseja apenas prestar serviços e não ter uma empresa em si, ela é a  Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI).

Nesse modelo a empresa possuirá um patrimônio próprio, onde não será necessário o dono pagar as dívidas do negócio, entretanto, para que isso se torne possível, é necessário que haja um investimento no valor de 100 salários mínimos no capital social.

A popularidade desses dois modelos é justamente por dispensar a necessidade de montar uma sociedade com outras pessoas para conseguir o CNPJ.

O que afeta o tempo de abertura de um CNPJ?

É importante lembrar que o processo de abertura vai variar de cidade pra cidade e de Estado pra Estado. 

Há certos locais onde o processo é bem mais ágil que em outros, já em alguns lugares a burocracia triplica o tempo de demora para a abertura.

O que vai contar nesses casos são as regras de funcionamento do governo municipal onde você mora, mas você também pode ajudar a acelerar o processo, confira abaixo 3 dicas essenciais para que isso aconteça. 

  • Escolher um serviço de contabilidade eficiente;
  • Evitar erros na documentação;
  • Otimizar os deslocamentos.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This
Iniciar conversa
Fale com um contador